O deputado Luiz Carlos Martins (Progressista) usou o horário da liderança do Progressista na sessão da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), na tarde desta terça-feira (28), para sugerir ao Governo do Paraná que seja estabelecido um subsídio para as famílias de profissionais da saúde que perderem a vida em razão da pandemia da Covid-19. A manifestação foi feita durante a sessão plenária feita com transmissão online.

Deputado Luiz Carlos Martins durante sessão plenária nesta terça com transmissão online – Foto: Divulgação

Martins lembrou a morte da técnica em enfermagem, Valdirene Aparecida Ferreira dos Santos, de 40 anos, que trabalhava no hospital Marcelino Champagnat. A notícia causou comoção entre amigos da profissional de saúde, que fizeram lamentaram a perda nas redes sociais.

“Tenho presenciado homenagens belíssimas, cheias de emoção para os trabalhadores que perderam a vida em razão do novo coronavírus. Neste momento, tenho certeza que não só eu mas todos os deputados, fazem um apelo ao governador Ratinho Junior, que é um homem sensível, para que estabeleça um subsídio financeiro para os trabalhadores da saúde que perderam a vida em atendimento à população na pandemia”, disse Martins.

O deputado explicou por qual razão não poderia apresentar um projeto de lei estabelecendo tal medida.

“Não podemos, infelizmente não é prerrogativa dos deputados, apresentarem projetos que criem gastos para o governo. Então gostaria que todos abraçassem este subsídio. Como fica a família da Valdirene, que se foi tentando salvar vidas? E este meu apelo se estende a prefeitos e vereadores em todos os municípios paranaenses. É um apelo, uma sugestão, uma bandeira de justiça”, disse o deputado.

Assista ao pronunciamento do deputado Luiz Carlos Martins na íntegra na Alep nesta terça-feira: