(Foto: Divulgação)

O senador Roberto Requião, que foi derrotado nas eleições para o senado em 2018, votou na manhã deste domingo em um colégio no bairro Mercês, em Curitiba. Ao lado do filho, o deputado estadual reeleito Requião Filho, o político afirmou que votou contra o autoritarismo brutal de Jair Bolsonaro (PSL).

“É uma decisão que o país tem que tomar. Ou você vota no autoritarismo brutal, no ódio aos negros e pobres, ou na possibilidade de uma reeducação democrática. Eu votei pela democracia. Sou um militante pela democracia”, afirmou Requião.

Já o filho deputado teve um discurso receoso. “É uma eleição primária, feita de ódios e amores. Votamos em personagens, independente de qual seja a decisão. Espero que a gente sobreviva aos próximos anos”, opinou Requião Filho.