Uma eleitora foi presa, neste domingo (15), após ser flagrada tirando uma foto da urna eletrônica em Curitiba. A informação foi confirmada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), que informou ainda outras 46 prisões no estado durante a manhã.

Foto: Geraldo Bubniak/ANPr

 

O comandante-geral da Polícia Militar, Coronel Péricles de Matos, destacou que esse é um dos processos eleitorais mais calmos dos últimos anos. “Não podemos negar a forte influência dos decretos de controle do coronavírus nessa tranquilidade, o que mostra que o eleitor está consciente do seu papel. Já podemos dizer que o domingo terá baixa incidência dos crimes característicos do pleito eleitoral”, disse.

Ao todo, 10 mil policiais militares trabalham neste pleito eleitoral no Paraná, em 4.800 locais de votação.

A Polícia Militar confirmou ainda 88 ocorrências até 11 horas da manhã, com 6,7 mil santinhos apreendidos.

Troca de Urnas

O TRE-PR também divulgou um balanço parcial de troca de urnas no estado. Segundo o órgão do Poder Judiciário, são 73 trocas até o momento.

Em Curitiba, são sete trocas. As demais ocorrências estão espalhadas pelas mais diversas regiões.