O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, usou o Twitter neste sábado para postar uma mensagem de apoio ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que hoje foi banido da rede social.

Eduardo Bolsonaro nos EUA em foto de arquivo da Ag. Brasil

O parlamentar recomenda que seus seguidores “fiquem ligados” e comenta que Trump estuda a possibilidade de criar sua própria plataforma de rede social.

Eduardo Bolsonaro compartilhou uma mensagem de Trump, em que o presidente dos EUA afirma que estava prevendo sua suspensão do Twitter e termina dizendo que “não será silenciado”.

Na mensagem, Trump diz estudar a possibilidade de criar sua própria plataforma de rede social e afirma estar negociando com outros sites. “Teremos grande anúncio em breve”, ressalta o presidente americano.