O deputado federal e pré-candidato à Prefeitura de Curitiba, Luciano Ducci (PSB), deu pistas de como uma frente de oposição pode se formar na disputa das eleições de outubro e garantiu não temer possível aliança com o PT. Em entrevista concedida ao Banda B Notícias, nesta quarta-feira (3), afirmou que os moradores da cidade conhecem seu jeito de trabalhar e que segue sendo “super previsível”.

image-8
Reprodução

Durante a manhã, o jornalista Karlos Kolbach cravou no Blog Politicamente e no comentário ao vivo no Jornal da Banda B: Goura (PDT) será o vice de Ducci, em chapa que conta com o aval do presidente Lula (PT).

Questionado sobre o assunto, o pré-candidato do PSB se esquivou, mas deu pistas do que está sendo discutido.

“Existe a possibilidade e trabalhamos para isso desde o ano passado, ou seja, de estarmos todos juntos, em uma mesma frente. Isso nos possibilitaria ter de 22% a 25% do tempo de televisão, o que nos dá condições de fazer um bom debate para a cidade, com propostas mais claras para Curitiba. Podemos, assim, discutir o modelo que está vigente, saúde, educação, transporte coletivo, a questão das pessoas em situação de rua, entre outras”, disse.

Conhecendo a rejeição que uma aliança com o PT pode trazer, Ducci garantiu não temer o apoio.

“Eu já disputei várias eleições e sei que o curitibano tem um perfil diferente. A discussão de Lula e Bolsonaro é muito rasa, porque não serão eles que vão sentar naquela cadeira a partir do dia 1° de janeiro, precisamos discutir um programa de governo para a cidade”, comentou.

Ducci ainda garantiu que os moradores de Curitiba já o conhece há muito tempo.

“Eu fui prefeito de Curitiba, vice-prefeito, secretário de saúde, sou servidor de carreira e entrei pela porta da frente, fazendo concurso, assim já atuei em vários cargos da administração. Os curitibanos sabem do meu comportamento, que é super previsível. As pessoas sabem que eu trabalho no que acho certo e no que acho errado, foi desta forma que fiz o Mãe Curitibana, o Hospital do Idoso e o Ligeirão Azul, não vou escapar deste meu modelo”, destacou.

Assista a entrevista completa no player abaixo:

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Ducci dá pistas de apoio do PT, com Goura de vice em Curitiba: “Não vou escapar do meu modelo”

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.