Em busca de votos para a indicação ao STF (Supremo Tribunal Federal), o ministro da Justiça, Flávio Dino, foi ao Senado nesta quarta-feira (29), disse que o perfil combativo é próprio da política e que ministro não tem ideologia.

“O perfil combativo é próprio da política. Evidentemente, quando você muda de função, você muda também o perfil da sua atuação. Fui deputado federal, governador, juiz federal, e cada função tem uma característica e tem um estilo”, disse.

flavio-dino30
Flávio Dino – Foto: Will Shutter/Câmara dos Deputados

“Portanto, não é o fato de ter incisividade, é próprio do lugar que eu estou e do papel político que eu exerço. Eu não conheço nenhum político que não seja combativo.”

Questionado sobre o fato de não ter ido à Câmara dos Deputados mesmo tendo sido convocado, o ministro disse que ninguém reclamou: “Ninguém tem reclamado de mim, graças a Deus. Para mim não”.

Dino e Paulo Gonet, indicado para a PGR (Procuradoria Geral da República) serão sabatinados no mesmo dia, 13 de dezembro. A data conjunta foi anunciada pelo presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, Davi Alcolumbre (União Brasil-AP). A expectativa é que a votação no plenário ocorra entre os dias 13 e 14.

Dino disse a aliados que está à disposição para conversar com todos os senadores, sem restrições, seguindo um conselho dado pelo próprio presidente da República.

Segundo relatos, antes do anúncio oficial, nesta segunda (27), Lula (PT) e o líder do governo no Senado, Jaques Wagner (PT-BA), recomendaram que Dino se colocasse como candidato e buscasse, um por um, seus 81 potenciais eleitores.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Dino inicia busca de votos no Senado, promete atuação sem ideologia no STF e justifica embates

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.