A senadora Damares Alves (Republicanos-DF) afirmou que deseja “dividir” a Ilha de Marajó, no Pará, “construir um principado e entrar como princesa regente”. O pronunciamento ocorreu durante Comissão de Desenvolvimento do Senado que debatia a situação dos Yanomami em Roraima, nessa terça-feira (23).

Declaração ocorre enquanto terras indígenas ainda tentam se recuperar de crise sanitária. Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

“A gente não pode mais deixar Roraima isolado, não pode. Não sou candidata a governadora lá. Sou candidata no Marajó. Eu quero dividir o Marajó, construir um principado e entrar como princesa regente”, afirmou a senadora

A declaração da parlamentar ocorre enquanto as Terras Indígenas Yanomami tentam recuperar-se de uma crise sanitária provocada pela presença do garimpo ilegal, que cresceu 54% em 2022. Desde janeiro, inúmeros casos de desnutrição, malária, estupro, invasões, ataques e homicídios foram notificados.

Para assistir ao vídeo e ler a matéria completa do Portal Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Damares diz que quer dividir Ilha de Marajó e ser “princesa regente”; assista

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.