O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a dizer, nesta quinta-feira (31/12), que a máscara não protege contra a Covid-19. Durante transmissão ao vivo nas redes sociais, o chefe do Executivo nacional afirmou que o equipamento de proteção é uma “ficção” e “prejudica a saúde da pessoa”.

Jair BolsonaroHUGO BARRETO/METRÓPOLES

 

“A máscara não protege de nada. Isso é uma ficção. Quando é que nós vamos ter gente com coragem – porque eu não sou especialista no assunto, né? – para falar que a proteção da máscara é um percentual pequeno?”, opinou o presidente.

De acordo com a teoria de Bolsonaro, somente máscaras específicas, como as usadas por médicos em cirurgias, funcionam. “A nossa aqui, praticamente zero [proteção]. O que mais se vê por aí é o cara com a máscara toda sebenta, está até com o cheiro ruim. Isso prejudica – eu não sou médico –, mas prejudica a pessoa. Ela ela inspirando parte do CO2 que ela expirou. Prejudica a saúde da pessoa”, declarou o presidente.

A declaração de Bolsonaro vai na contramão do que dizem autoridades sanitárias de diversos países e das recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), cujo trabalho se baseia em evidências científicas. A conclusão dessas autoridades é a de que o uso correto das máscaras reduz a quantidade de partículas virais expelidas e, portanto, ajuda a conter o avanço da pandemia.

Para ler a matéria completa no Portal Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.