O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, enviou ofício à Procuradoria-Geral da República (PGR) com três notícias-crimes contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Os despachos, que foram enviados nessa quinta-feira (21/05), foram apresentados por partidos e parlamentares ao ministro do STF.

Entre as medidas solicitadas estão a busca e apreensão do celular do presidente e de seu filho, Carlos Bolsonaro, para perícia. As notícias-crime foram originalmente apresentadas pelos partidos PDT, PSB e PV, e aprovadas por Celso
de Mello.

Bolsonaro – Reprodução Folha do Brasil

Os partidos também solicitam perícias nos celulares de Maurício Valeixo, exdiretor geral da Polícia Federal exonerado por Bolsonaro; do ex-ministro da Justiça de Segurança Pública Sergio Moro; e da deputada federal Carla Zambelli (PSL – SP).

Caberá ao procurador-geral da República, Augusto Aras, analisar a notícia-crime, atender ou não os pedidos e, se assim entender necessário, apresentar denúncia.