Os 580 dias em que Lula esteve preso pela Lava Jato, em Curitiba, tiveram uma testemunha privilegiada: o agente da Polícia Federal Jorge Chastalo Filho, carcereiro das celas de todos os presos da operação.

Captura de Tela 2023-11-28 às 08.17.59
Chastalo falou de detalhes da relação com Lula. Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

Discreto, Chastalo até hoje não havia dado uma entrevista sobre o que viu e ouviu naquele período ao lado de Lula: os momentos tensos, os de tristeza, o começo do namoro do presidente com Janja, as raivas guardadas, o plano de sair da cadeia e voltar ao Planalto.

Em entrevista à coluna Guilherme Amado, do Portal Metrópoles, de Lima, onde serve na Embaixada do Brasil, Chastalo contou em detalhes como foi a relação com Lula desde antes de sua chegada, quando precisou desenhar diferentes cenários de segurança para receber o mais famoso dos presos da Lava Jato.

Para ler a matéria completa do Portal Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Carcereiro de Lula conta o que viu e ouviu nos 580 dias de prisão

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.