Os deputados deram início a mais uma sessão virtual plenária, nesta terça-feira, 5. Na pauta, o segundo turno da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Orçamento de Guerra e os destaques da Medida Provisória 915, que facilita a venda de imóveis pela União.

O plenário vota agora um pedido de urgência para dar prioridade ao projeto de socorro financeiro aos Estados e municípios, aprovado pelo Senado no sábado, 2.

 

A cúpula menor, voltada para baixo, abriga o Plenário do Senado Federal. A cúpula maior, voltada para cima, abriga o Plenário da Câmara dos Deputados. Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Na sessão da segunda-feira, 4, a Câmara aprovou, em primeiro turno, o novo texto-base do ‘Orçamento de Guerra’, destinado exclusivamente a ações de combate à pandemia de coronavírus.

A proposta já havia sido aprovada pela Câmara, mas precisa ser analisada novamente pelos deputados porque o Senado alterou a redação.

A votação do texto-base, de forma remota, foi fatiada em duas. Primeiro, os deputados aprovaram os trechos mantidos pelo Senado (481 votos a 4 contrários).

Em seguida, votaram as alterações feitas pelo relator na Câmara, Hugo Motta (Republicanos-PB). No total, os deputados votaram e rejeitaram oito destaques ainda na sessão de segunda-feira.