O presidente eleito, Jair Bolsonaro, participou na noite desta quinta-feira, 22, do casamento do futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, com a assessora parlamentar Denise Veberling, em Brasília. Bolsonaro chegou atrasado à cerimônia, realizada no Clube do Congresso, à beira do Lago Paranoá, e ficou por quase duras horas na festa.

Casamento do futuro ministro da Casa Civil Onyx Lorenzoni com a assessora parlamentar Denise Veberling, no Clube do Congresso, em Brasília. – Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil

A futura primeira-dama, Michelle Bolsonaro, acompanhou o marido. Além deles, participaram poucos políticos mais próximos a Onyx, a maioria do DEM, e o líder do PSL, deputado Eduardo Bolsonaro (SP), filho do presidente. Os parlamentares Magno Malta (PR-ES), Gonzaga Patriota (PSB-PE), Alberto Fraga (DEM-DF), o senador e governador eleito de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), e o futuro ministro da Saúde, deputado Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS), também estavam na lista de convidados.

Denise e Onyx – Twitter

Onyx afirmou ao chegar que a festa seria para “poucos amigos” e familiares e que na segunda-feira já bateria ponto no Centro Cultural do Banco do Brasil, sede do governo de transição. “A gente já fez a lua de mel na semana passada lá em Cambará do Sul”, disse o ministro, em referência ao município turístico do Rio Grande do Sul.

A cerimônia foi celebrada pelo bispo Robson Rodovalho, da igreja evangélica Sara Nossa Terra.

Veberling trabalha com o senador Davi Acolumbre (DEM-AP), um dos presentes.

O noivo disse que não haverá viagem de lua de mel e nesta sexta ele trabalha normalmente.