Ato na chegada de Bolsonaro no Aeroporto Afonso Pena – Fotos: Banda B

 

O pré-candidato à presidência da República pelo PSL, o deputado federal Jair Bolsonaro, desembarcou em Curitiba perto do meio dia nesta quarta-feira (28). Centenas de pessoas o aguardavam no saguão do Aeroporto Afonso Pena gritando palavras de ordem  como “Bolsonaro presidente do Brasil”. Ele passou pelo saguão e foi carregado pelos simpatizantes até um carro de som em frente ao aeroporto. Lá, ele falou em meio a muito empurra-empurra. Fez um discurso de ataque contra o ex-presidente Lula, que está hoje em Curitiba.

“Não quero o Lula na cadeia, quero o Lula em cana, já que ele gosta de uma caninha. É o estilo dele. Ele quis transformar o pais num galinheiro e agora está colhendo ovos por onde passa. E já aviso que eles vão levar um cruzado de direita em outubro. Vamos mostrar que o Brasil é nosso, fazer valer a força da família, do povo que quer produzir”, disse o pré-candidato.

Bolsonaro estava ao lado dos líderes da executiva do partido no Paraná, Fernando Francischini e Felipe Francischini. Ele não falou com a imprensa no aeroporto.

Durante a tarde, o pré-candidato viaja até a cidade de Ponta Grossa, onde inicia 18h20 uma passeata na Avenida Vicente Machado.

Na quinta-feira (29), Bolsonaro volta a Curitiba onde participa de um almoço com eleitores e correligionários no Restaurante Madalosso, em Santa Felicidade. O almoço é por adesão a um custo de R$ 45.

Ato em Curitiba

Quase ao mesmo tempo em que a Caravana de Lula será encerrada no Sul com um ato na Praça Santos Andrade, às 17 horas, simpatizantes de Bolsonaro marcaram outro ato na Praça do Homem Nu, a poucas quadras da manifestação dos petistas. O policiamento foi reforçado já que há a preocupação de um confronto na tarde desta quarta-feira.

Notícias Relacionadas:

https://www.bandab.com.br/politica/presidenciaveis-condenam-ataques-a-caravana-de-lula/

 

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Bolsonaro chega a Curitiba aos gritos de “presidente” e ataca Lula: “Quero que ele vá em cana”

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.