(Foto: Twitter)

Com o anúncio surpresa de que Jean Wyllys não assumirá seu terceiro mandato como deputado federal e vai deixar o país devido às ameaças que tem recebido, as atenções se voltam para seu suplente, David Miranda.

Eleito vereador pelo Rio de Janeiro em 2016, o carioca de 33 anos se descreve no Twitter como “Preto, Favelado e Primeiro vereador LGBT do RJ, midialivrista e pela causa animal.”

Ele é casado há 13 anos com Glenn Grenwald, o jornalista americano que revelou em 2012, com a ajuda de Edward Snowden, o alcance das ferramentas de vigilância global dos Estados Unidos.

Em agosto de 2013, Miranda foi detido pela Polícia Metropolitana de Londres quando fazia escala em uma viagem de volta de Berlim, para o Brasil.

 

Para ler a matéria completa no MSN clique aqui.