Da Redação

Perícia da FCC apontava a semelhança (Reprodução)

Três meses após polêmica envolvendo os então candidatos Gustavo Fruet (PDT) e Rafael Greca (PMN) no primeiro turno das eleições municipais, a Prefeitura de Curitiba anunciou nesta quarta-feira (28) que, a partir de janeiro, os acervos dos museus da Fundação Cultural (FCC) poderão ser consultados pela internet. O Acordo de Cooperação Técnica foi firmado entre a FCC e a Secretaria de Estado da Cultura para adesão dos museus municipais ao Sistema Estadual de Museus. Em janeiro terá início o processo de migração dos bancos de dados dos acervos para um novo sistema que possibilitará a consulta pública das obras de arte pela internet.

Durante as eleições, a gestão Fruet questionou a origem de algumas obras de arte da chácara de Greca, em Piraquara. Para a administração municipal, elas eram muito semelhantes com três que teriam sumido da Casa Klemtz, no bairro Fazendinha, durante a primeira gestão de Greca na Prefeitura. Uma sindicância chegou a ser aberta em pleno período eleitoral, mas foi suspensa por decisão judicial.

Segundo a Prefeitura, no dia 9 de janeiro, bibliotecários e técnicos do Museu Municipal de Arte começam o treinamento oferecido pela Coordenadoria do Sistema Estadual de Museus para fazer a transferência das informações para o Pergamum, que é o programa de catalogação e armazenamento utilizado pelos museus estaduais. O sistema foi desenvolvido pela Universidade Católica do Paraná e atualmente é utilizado em mais de 424 instituições e 8 mil bibliotecas em todo o Brasil.

O Museu Municipal de Arte tem um total de 3.830 obras catalogadas. Na sequência, todos os demais acervos da Fundação Cultural de Curitiba também serão transferidos para a nova plataforma: Museu da Gravura (2.809 obras), Museu da Fotografia (1.496 imagens), Museu de Arte Sacra (1.580 itens), além de todos os itens do Centro de Documentação e Pesquisa da Casa da Memória, da Gibiteca de Curitiba, do Conservatório de MPB e da Cinemateca, num total de mais de 700 mil itens, entre livros, documentos, fotografias, cartazes, gibis, periódicos, CDs, DVDs e filmes.

Fruet deixa a Prefeitura no dia 31 de dezembro e Greca assume a gestão no dia seguinte, 1° de janeiro.