Essa expressão traduz o que está acontecendo com a CPI da Covid, instalada recentemente no Senado Federal em meio a ações judiciais contrárias e manobras do Governo para conter o ímpeto dos senadores. O relator da CPI é um velho conhecido das manchetes políticas e policiais, o senador Renan Calheiros, do MDB. Renan já mostrou a que veio nas primeiras entrevistas que deu como relator: Bolsonaro e seus ministros, entre outras figuras, serão responsabilizados pelas mortes de milhares de brasileiros, pelo caos nos hospitais, pela falta de medicamentos e vacinas e pela promoção ao descumprimento do distanciamento social.

Renan, que foi líder de ex-presidente Collor de Melo, que transitou pelos governos de Itamar e FHC, que é amigo irmão de Lula e Dilma, que é pai do atual governador das Alagoas, Renan Filho, e que responde a ações na Justiça e inquéritos na Polícia Federal, promete ser imparcial na condução dos seus trabalhos. Essa imparcialidade foi desmentida por pesquisa publicada na revista Veja e realizada pelo instituto Paraná Pesquisas, do curitibano Murilo Hidalgo. Nas Alagoas de Renan, o ex-presidente Lula tem 10 pontos de vantagem sobre Bolsonaro nas intenções de voto. Renan e seu filho são eleitores de Lula e farão de tudo para poder ajudar a derrotar Bolsonaro nas próximas eleições.

Não podemos esperar nada de muito diferente dessa CPI da Covid como de outras tantas que já assistimos ao longo dos anos no Congresso Nacional. O circo vai pegar fogo minha gente. Com certeza vamos ter momentos de briga, enfrentamento e também de busca por holofotes e microfones. De estranhar nessa CPI é a ausência dos 3 senadores do Paraná, que nem da suplência da comissão fizeram parte. Ou eles não estão prestigiados ou acreditam que é tudo jogo de carta marcada ou que tudo acabará em pizza.

Para ajudar no incêndio do circo, dois ministros de Bolsonaro fazem bobagem numa “live” do Ministério da Saúde. O General Ramos, da Casa Civil, diz que tomou vacina escondido do presidente e Paulo Guedes, da Economia, diz que o covid foi inventado pelos chineses e que agora querem vender vacina cara. Quem precisa de inimigo com amigos como esses? Esse tipo de conversa vazada em reunião de Conselho de Ministros mostra que nem as estrelas de uma farda, e nem títulos de pós graduação nas melhores universidades do mundo são capazes de blindar o cérebro humano. Palavras quando saem da boca não voltam para trás.

*Este texto não reflete, necessariamente, a opinião da Banda B.

Jornalista formado pela Universidade Federal do Paraná e pós graduado em gestão pela Fundação Getúlio Vargas. Tem passagens por diversos veículos de comunicação, como TV Bandeirantes, TV OM (hoje CNT) e Gazeta do Povo, onde permaneceu por 11 anos.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

CPI

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.