O Núcleo de Proteção à Criança e Adolescente (Nucria), da Polícia Civil, cumpriu um mandado de prisão a um homem de 38 anos acusado de estuprar a própria filha de 13 anos. A prisão preventiva do suspeito ocorreu em Curitiba, após a denúncia realizada pela vítima, juntamente com a sua mãe.

(Foto: Reprodução A Rede)

Segundo a delegada do Nucria, Ana Paula Cunha Carvalho, as denúncias ocorreram no final de agosto e a prática de abuso sexual ocorria desde 2019. “A mãe saía para trabalhar durante o dia e o pai, aproveitando do momento sozinho com a filha praticava a violência”, destaca a delegada.

Informações apontam que foram apresentadas conversas pelo aplicativo WhatsApp, com a vítima detalhando os abusos sofrido. Entre as mensagens, estava que a adolescente não aguentava a situação e queria acabar com a própria vida. Dessa forma, a delegada representou pela prisão preventiva, com a detenção em Curitiba. O acusado, após prestar interrogatório, foi conduzido ao presídio Hildebrando de Souza, onde encontra-se à disposição da Justiça.

Para mais informações sobre a região acesse o Portal A Rede clicando aqui.