A Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa do Paraná  (ProMu) comemora cinco anos de atuação em defesa dos direitos das mulheres paranaenses neste mês. Desde a sua criação em julho de 2019, a Procuradoria tem sido essencial na proteção e empoderamento das mulheres em todo o Estado. Nesse período, foram realizados cerca de três mil atendimentos, que incluem assistência às vítimas, orientações às procuradoras municipais e funcionárias, e a mediação para a criação e aprimoramento de políticas públicas. Até junho deste ano, foram 1.266 acolhimentos, entre ofícios, orientações às vereadoras e atendimentos às assistidas.

image-1
Cidades que já têm Procuradorias da Mulher instaladas – Arte: ProMu

Hoje, são 161 Procuradorias funcionando como a representação do Poder Legislativo na Rede de Enfrentamento à Violência de Gênero. O Paraná se destaca como o Estado com o maior número de Procuradorias da Mulher em todo o país.

A Procuradoria está aberta, ainda, para receber denúncias de discriminação, cerceamento de direitos e violência contra a mulher, promovendo os encaminhamentos necessários em busca de soluções rápidas e eficazes junto a qualquer outro órgão e instituição, sejam públicos ou privados. A proximidade com as pessoas é o norte da ProMu, e o objetivo é estar presente em todos os 399 municípios do Paraná. O órgão está disponível também para mentoria, garantindo que as Procuradorias nos municípios funcionem com a credibilidade conquistada nacionalmente.

Como acionar

Qualquer mulher pode acionar as Procuradorias municipais. Clique AQUIe tenha acesso a todas as formas de contato nas cidades.

Você, mulher, pode acionar a ProMu também das seguintes formas:

E.mail: [email protected]

Site: http://www.assembleia.pr.leg.br/promu

Instagram e Facebook: @procuradoriadamulherpr

WhatsAPP:  (41) 3350-4030.

Denúncias podem ser feitas também pela Central de Atendimento à Mulher, no Disque 180.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Procuradoria da Mulher completa 5 anos de atuação em defesa das paranaenses; saiba como acionar

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.