No ano passado, quando completou 123 anos de idade, a idosa que pode ser a mulher mais velha do mundo ganhou uma festa de aniversário com tudo que tinha direito. Neste ano, ao completar 124 anos, não vai ser diferente, já que a Prefeitura de Tibagi, nos Campos Gerais do Paraná, está organizando uma nova comemoração.

Procurada pela Banda B, a administração municipal disse que Amantina dos Santos Duvirgem, mais conhecida como Dona Júlia, vai ganhar uma festa de aniversário no próximo dia 27, cinco dias depois de completar mais um ano de vida. A celebração deve ser restrita a idosos que fazem parte do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) de Caetano Mendes, distrito de Tibagi.

mulher-mais-velha-do-mundo-3
A idosa Amantina dos Santos Duvirgem, que pode ser a mulher mais velha do mundo – Foto: João Pedro Agostinho/Prefeitura de Tibagi

Embora tenha nascido no último ano do século 19, o nome de Dona Júlia não aparece na lista de pessoas mais velhas do mundo, no Guinness World Records, o livro de recordes. “Dona Júlia é a mulher mais idosa do mundo, falta apenas o reconhecimento dos canais oficiais de recorde”, disse a prefeitura há um ano.

Dona Júlia já viveu em situação de rua e foi adotada, aos 100 anos de idade, por Maria Ednir de Almeida. Hoje, ela é beneficiária do Benefício de Prestação Continuada (BPC), programa que garante um salário mínimo por mês ao idoso com idade igual ou superior a 65 anos ou à pessoa com deficiência de qualquer idade.

A certidão de nascimento dela só foi emitida quando a pensão foi solicitada, ou seja, na época em que ela já tinha um século de vida. Além disso, a idade e origem dela só puderam ser atestadas com as declarações de quatro testemunhas — todas com mais de 70 anos de idade e que conheciam Dona Júlia há pelo menos 20 deles.

A festa de aniversário em que ela celebrou seus 123 anos repercutiu não só no Brasil, mas também em outros países. O jornal britânico Daily Mail, que teve sua primeira publicação quatro anos depois do nascimento de Dona Júlia, em 1896, noticiou a celebração realizada no Paraná.

Outro tabloide que repercutiu o caso no ano passado foi o The Sun, um dos mais famosos do mundo. Na publicação, o jornal explica que a mulher tem 1,20 metro de altura e atingiu a longevidade se alimentando de forma “diferenciada”: ovos cozidos e bolo de polvilho.

De acordo com o Guinness World Records, contudo, a maior idade que qualquer ser humano já atingiu foi 122 anos e 164 dias. A dona desse feito foi a francesa Jeanne Louise Calment, que morreu em 1997.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Idosa que pode ser a mulher mais velha do mundo ganha festa ao comemorar 124 anos no Paraná

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.