CATARINA SCORTECCI

Uma nuvem colorida no céu chamou a atenção de moradores de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, no final da tarde desta quinta-feira (30). De acordo com o meteorologista Lizandro Jacobsen, do Simepar (Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná), trata-se de um fenômeno óptico chamado nuvem iridescente.

23423423
Foto: Roberto Lemos/Divulgação

“É a refração dos raios solares na nuvem. O que funciona como prisma são os cristais de gelo. Aí a luz solar sofre aquele espalhamento e vai colorindo a nuvem conforme o tamanho dos cristais de gelo”, explica ele.

Os cristais de gelo ficam concentrados geralmente em nuvens mais altas. “Quanto mais alto, mais frio é. A gente chama as nuvens das camadas mais altas de nuvens do tipo cirrus”, diz Jacobsen. Ele também explica que o fenômeno costuma ocorrer em nuvens não espessas, porque a luz solar consegue penetrar.

Segundo o meteorologista, a nuvem iridescente é semelhante ao halo solar, aquele anel colorido que se forma ao redor do sol.

Em Foz, o fotógrafo Roberto Lemos conseguiu registrar o fenômeno de quinta com sua câmera. Ele conta que já tinha visto halo solar, mas que “nuvem iridescente” é a primeira vez.

“Tive sorte. Saí mais cedo do trabalho para buscar minha filha na escola, e no caminho para casa vi que tinha algo acontecendo. Assim que cheguei em casa, peguei a câmera e registrei”, conta.

Segundo Jacobsen, o fenômeno é difícil de ser observado “porque geralmente é muito rápido”. “Dura pouquíssimos minutos. O sol muda de posição e já não dá aquela refração”, comentou o meteorologista.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Meteorologista explica nuvem colorida no céu de Foz do Iguaçu

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.