Com desconto ofertado de 18,25% sobre o valor da tarifa, o consórcio Infraestrutura Brasil Holding XXI, liderado pelo Grupo Pátria, arrematou o 1° lote de concessões do novo pedágio do Paraná. A disputa envolveu um segundo consórcio, a Infraestrutura PR, que ofereceu desconto de 8,3%.

Reprodução

Para a formalização do contrato, agora restam mais alguns passos. No dia 8 de setembro será publicada a Ata de Julgamento do Leilão e os recursos das empresas serão recebidos até o dia 13. A publicação do julgamento dos recursos pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) vai ocorrer no dia 5 de outubro. No dia 27 de outubro o resultado será homologado e até o dia 29 de dezembro deve ocorrer a assinatura do contrato.

Edital

Ao todo, a Infraestrutura Brasil Holding XXI deve ficar responsável por 473 quilômetros de rodovias federais e estaduais entre Curitiba, Região Metropolitana, Centro-Sul e Campos Gerais. A empresa vencedorá deverá investir pelo menos R$ 7,9 bilhões em obras de melhorias e manutenção em trechos das rodovias BR-277, BR-373, BR-376, BR-476, PR-418, PR-423 e PR-427.

O contrato será de 30 anos.

Como o desconto ofertado foi superior a 18%, o consórcio será obrigado a realizar um aporte financeiro de R$ 100 milhões. Os recursos ficarão em uma conta específica e poderão ser utilizados, no decorrer do contrato, para inclusão de novas obras, ajustes tarifários e reequilíbrios.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Com desconto de 18,25%, consórcio arremata 1º lote dos pedágios no Paraná

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.