Um manifestante chamou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de miliciano, assassino e bandido. O ato ocorreu no fim da tarde desta terça-feira (5/1), em frente ao Ministério da Saúde.

Em resposta, apoiadores do presidente mandaram o manifestante “ir para Cuba” e gritaram mais palavras de apoio a Bolsonaro.

Leia mais clicando aqui