Sthefany Virginia Inácio Rodrigues, 21 anos, apontada como mentora da emboscada que vitimou Ricardo Flávio dos Santos, 69, teria dopado o homem logo após eles terem tido uma relação sexual. Garota de programa, ela já o atendia há pelo menos dois anos.

(Foto: Reprodução Facebook)

 

Este relacionamento próximo e antigo foi que propiciou a ideia de conseguir os R$ 35 mil. Ela sabia não só quando Ricardo receberia o dinheiro referente a um seguro, mas também as senhas dos cartões dele. Apesar de considerar a ideia de sacar o dinheiro enquanto Ricardo dormia boa, o crime, na prática, deu errado.

“A vítima apagou logo após o sexo. A garota colocou o Rivotril na cerveja que ele tomava”, conta o delegado-chefe da 19ª DP Gustavo Augusto.

Para ler a matéria completa no Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.