O segundo sargento da FAB (Força Aérea Brasileira), Manoel Silva Rodrigues, continua recebendo seu salário em dia. Há um ano e um mês, ele foi preso na Espanha e condenado por tráfico de 37 kg de cocaína. As informações são do portal UOL.

Reprodução Redes Sociais

Apesar de estar detido e sem trabalhar desde junho de 2019, o militar recebe brutos R$ 8,1 mil mensais, incluindo verbas indenizatórias. Por conta de gratificação natalina, o valor bruto chegou a R$ 14,5 mil em novembro.

No processo em que ele é réu, não houve pedido de bloqueio, segundo apurado junto à Justiça Militar.

Para ler a matéria completa, acesse o portal UOL clicando aqui.