Imagine estar em um avião rumo às férias ou à sua casa e receber a notícia que uma das mulheres a bordo está entrando em trabalho de parto. Foi o que aconteceu com os passageiros do voo G3 7720, da Gol, que partia do Rio de Janeiro para Santiago, capital do Chile, neste domingo (8).

(Foto: Reprodução G1)

De acordo com o G1, a jovem chilena estava grávida de oito meses e tinha um atestado médico que a autorizava a viajar. A mulher começou a sentir contrações durante o voo, que foram aumentando rapidamente.

Com o parto se aproximando, a equipe de bordo encontrou dois paramédicos e uma enfermeira na aeronave, que ajudaram no procedimento que transcorreu sem maiores problemas. Os passageiros também se solidarizam com a situação, apoiando os pais da criança.

O bebê, que é o terceiro filho do casal, recebeu o nome de Trinidad. Ela nasceu com 3,325 kg e 48 cm e, assim como a mãe, passa bem. Segundo nota da Gol, o avião pousou em Porto Alegre para que ambas fossem levadas ao hospital. Os demais passageiros do voo seguiram viagem.