O novo coronavírus já atingiu 5.520 (99,1%) dos municípios brasileiros. Desse total, 4.289 tiveram de um a cem casos, segundo dados do Ministério da Saúde divulgados nesta quarta-feira (26).

Já o número de mortes chegou a 4.052 (72,7%) das cidades; 1.598 tiveram até 50 óbitos pela Covid-19.

“A gente observa que 60% dos casos novos são no interior e 40% dentro de região metropolitana, essa é uma tendência que vem se mantendo nas três últimas semanas”, disse Eduardo Macário, diretor do Departamento de Análise em Saúde e Vigilância de Doenças Não Transmissíveis do governo federal.

O Ministério da Saúde mostrou que o número de casos do novo coronavírus caiu 13% na 34° semana epidemiológica, em relação à anterior. Já o número de mortes é considerado estável, já que o crescimento foi de apenas 4%.

A pandemia no Brasil, entretanto, ainda mostra comportamentos diferentes nas regiões brasileiras.

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

No Norte houve aumento de 9% do número de mortes e estabilização do número de casos, considerando o aumento de apenas 2%.

No Sudeste houve redução de 15% do número de casos e aumento de 8% do número de mortes.

Já no Nordeste houve redução de 14% no número de casos e diminuição de 5% do número de mortes.

O mesmo acontece no Sul do país. Houve redução de 17% do número de casos e 9 % em relação às mortes.

No Centro-Oeste houve redução de 11% do número de casos e aumento de 17% das mortes por Covid-19.

A pasta mostrou ainda que o Brasil ultrapassou os Estados Unidos no número de mortes de Covid-19 por 1 milhão de habitantes nesta quarta-feira (26).

O Brasil está em 10° lugar, com 542,48 mortes por 1 milhão de habitantes, enquanto os Estados Unidos tem 532,33 mortes por 1 milhão de habitantes. Em primeiro lugar está San Marino, seguida por Bélgica e Peru.

Já no número de casos da doença por 1 milhão de habitantes, o Brasil está abaixo do país norte-americano. São 17.168,48 casos nos Estados Unidos contra 17.043,99 no Brasil, sempre por 1 milhão de habitantes.