Apesar de não estar entre os países que mais apresentam casos de Covid-19 no mundo, o Japão também sente os impactos da pandemia. Um deles pode ser o aumento no número de suicídios. De acordo com dados recentes divulgados pelo governo nipônico, 2.153 pessoas morreram por suicídio em outubro — 96 a mais do que o total de mortos por coronavírus no ano de 2020.

KACIO PACHECO/ ARTE METRÓPOLES

 

Em entrevistas, Michiko Ueda, especialista no tema e professor da Universidade Waseda, em Tóquio, afirmou que, mesmo sem lockdown e com impacto mínimo da Covid-19 em relação a outros países, o número elevado de suicídios no Japão pode estar diretamente relacionado à pandemia. “Isso indica que outros países podem ver um aumento similar ou ainda maior nos números no futuro”, alertou o pesquisador.

O Japão é um dos únicos países no mundo que divulgam dados sobre suicídio regularmente. Em 2016, a taxa de mortalidade por suicídio no país era de 18,5 a cada 100 mil habitantes — quase o dobro da média global, de 10,6 a cada 100 mil habitantes. No Brasil, em 2016, a taxa de mortalidade por suicídio era de 6,5 a cada 100 mil habitantes.

Para ler a matéria completa no Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.