Uma mulher de 35 anos foi presa na tarde desta segunda-feira (28), após passar mal e a polícia constatar que ela havia engolido 20 cápsulas de cocaína líquida. Ela foi detida em um hospital em Itaquera, na zona leste da cidade de São Paulo. A droga estava acondicionada dentro de preservativos.

(Foto: Reprodução)

 

Antes de ir à unidade de saúde, a suspeita estava no Aeroporto Internacional de Guarulhos (Grande SP), onde, segundo ela disse à polícia, pretendia embarcar para Londres.
De acordo com a Polícia Militar, ela receberia R$ 20 mil para levar a droga, escondida no estômago, até a Europa.

Segundo a polícia, a mulher disse que começou a passar mal quando estava no saguão do aeroporto da Grande SP, onde expeliu 15 cápsulas, recolhidas por um suposto aliciador, que fugiu em seguida. Na sequência, ainda segundo relatado pela suspeita à polícia, ela foi para casa, região não informada, onde tentou expelir o restante da droga, mas sem sucesso. Por fim, ela foi ao hospital. Após retirarem cinco preservativos do estômago da mulher, dentro dos quais havia a droga, profissionais da saúde acionaram a PM.

O caso foi encaminhado à Delegacia da Polícia Federal do aeroporto, onde foi registrado como tráfico internacional de drogas. A suspeita permanecia internada, sob escolta policial, até a publicação desta reportagem.