Uma mulher morreu no sábado (12), 15 dias após realizar um procedimento estético para lipoaspiração e intervenção nos seios. A ex-passista Erika Cristina Santos Pereira, de 41 anos, deu entrada no próprio sábado na UPA Beira Mar, no Hospital Moacyr do Carmo, em Duque de Caxias (RJ), em estado grave. Segundo a Decon (Delegacia do Consumidor), o médico responsável pelo procedimento estava com o registro cassado. As informações são do UOL.

Segundo a secretaria municipal de Saúde, a paciente chegou ao local às 14h42 com quadro de choque séptico.

“Às 16h do mesmo dia, a paciente evoluiu com parada cardiorrespiratória, sendo realizadas todas as manobras de ressuscitação pela equipe médica de plantão, sem sucesso. O óbito da paciente Erika Cristina Santos Pereira foi declarado às 16h30, do dia 12”, diz comunicado.

Para ler a matéria completa no UOL clique aqui.