O conselho de sentença do Tribunal do Júri de Brasília chegou, na madrugada desta quinta-feira (10/12), a um consenso em relação ao período de encarceramento de José Willamy de Melo Raiol, 28 anos, e Elizângela Almeida de Miranda de Sousa, 45, acusados matar Valdeci Carlos Sousa, servidor aposentado do TST, em 2018.

(Foto: Reprodução)

 

Os réus foram condenados, respectivamente, a 23 e 25 anos de reclusão. Ambos deverão cumprir a pena em regime inicial fechado.

José Willamy foi condenado pelo crime de homicídio triplamente qualificado por motivo torpe, uso de recurso que dificultou a defesa da vítima e emprego de meio cruel. Elizângela foi condenada pela participação no crime.

Para ler a matéria completa no Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.