Manifestação dos Ubers nesta manhã em Curitiba (Fotos: Antônio Nascimento – Banda B)

 

A tramitação em regime de urgência no Senado do Projeto de Lei Complementar 258/2017, que trata da regulamentação dos serviços de transporte particular por aplicativo, como a Uber, Cabify e a 99 Pop,  fez com que os motoristas fizessem uma manifestação na manhã desta segunda-feira (30). Em Curitiba, a concentração aconteceu no Parque Barigui e seguiu até o Palácio do Iguaçu. Centenas de condutores aderiram ao movimento.

Os motoristas reclamam da exigência de que os carros circulem com placas vermelhas, que são concedidas e controladas pelo poder público, além do limite para os veículos emplacados atuarem apenas no município sede, fazendo com que não seja possível atender em outras cidades. Segundo os condutores, isso reduziria até pela metade a oferta de passageiros, que tornou-se o ganha pão para milhares de profissionais.

Guilherme Machado, representante dos motoristas do Uber em Curitiba, falou sobre a manifestação. “O serviço não foi tão afetado, porque não será no horário de pico. É uma manifestação em nível nacional, para chamar a atenção às autoridades”, descreveu.

Já o motorista Flavio Maximus afirmou que a intenção é chamar a atenção dos políticas. “Esse projeto quer inviabilizar os serviços de aplicativos de carona. Nós já somos regulamentados em Curitiba e isso que pode ser aprovado é uma proibição disfarçada”, reclamou.

A votação está prevista na pauta da sessão desta terça-feira (31).