O empresário Walter Torre Júnior, fundador da construtora WTorre, morreu nesta sexta-feira (11), aos 64 anos, em São Paulo.
Segundo amigos da família, ele contraiu Covid-19 e estava internado no hospital Israelita Albert Einstein, na capital paulista, havia cerca de três semanas. Segundo essas pessoas, não haverá velório.

Walter Torre Júnior, fundador da WTorre — Foto: Hélvio Romero/Estadão Conteúdo/Arquivo

 

Torre teve leucemia e se submeteu a dois transplantes de medula óssea, o último no ano passado. Ele ainda estava em tratamento, com o sistema imunológico debilitado quando contraiu o coronavírus.

Em comunicado enviado pela construtora, a empresa afirma que Torre foi vítima de uma parada cardiorrespiratória na tarde desta sexta. “Seu legado profissional é imensurável, tendo entre outras realizações a construção do Allianz Parque em 2014, uma das melhores arenas multiuso do mundo, a única do Brasil”, afirmou a empresa por meio de nota.

Em entrevista para o jornal Folha de S.Paulo em 2011, Torre questionou os valores cobrados para a construção dos estádios da copa.
“Quando falam que as outras custam R$ 1 bilhão, tem essa diferença [a arena do Palmeiras tinha sido orçada em R$ 310 milhões]. Eu me espanto com o custo dos outros”, afirmou na ocasião.

O orçamento inicial de cerca de R$ 300 milhões mais que dobrou. A arena custou R$ 660 milhões, muito em razão do assumido perfeccionismo de Walter Torre.

O estádio, que tinha inicialmente previsão de conclusão em 2012, foi entregue em 2014.

A construtora foi fundada por Torre assim que ele se formou em engenharia, em 1981. Nessa época, a empresa projetava armazéns industriais para locação, algo que ainda era pouco explorado no país.

O passo seguinte foi a construção de galpões sob medida. Ao longo da vida, construiu galpões para os maiores clientes como Pirelli, Nestlé, Casas Bahia e Volkswagen.

Neste ano, a construtora comprou da Odebrecht um terreno onde há um Carrefour na Marginal Pinheiros, zona sul de São Paulo. Objetivo de Torre era construir a torre corporativa mais alta da capital paulista, com mais de 80 mil metros quadrados.

O empresário também havia firmado recentemente acordos com o Vasco e o Santos para a revitalização de suas arenas.
Walter Torre deixa a esposa, Silvia Torre, e três filhos, Paulo, Marina e Giuliana.

Confira a nota divulgada pela construtora:

“É com imenso pesar que a família WTorre vem a público informar o falecimento de Walter Torre, fundador da empresa, na tarde de hoje, 11 de dezembro. Aos 64 anos, ele foi vítima de uma parada cardiorrespiratória. Foi em 1981 que Walter, então recém formado em engenharia civil, deu início a um sonho ao abrir sua construtora e nunca mais parou. Seu legado profissional é imensurável, tendo entre outras realizações a construção do Allianz Parque em 2014, uma das melhores arenas multiuso do mundo, a única do Brasil. Walter Torre deixa sua esposa Silvia Torre e filhos Paulo, Marina e Giuliana além de uma equipe de executivos e colaboradores apaixonados que seguramente honrarão seu legado pautado na inovação, ética e profissionalismo, principais alicerces da WTorre”