Um menina de apenas 11 anos foi ameaçada pelos colegas de classe em uma escola na Penha, zona norte do Rio, através de mensagens agressivas no grupo do WhatsApp. Ao site UOL, a mãe da vítima disse que printou todas as mensagens e que em uma delas um colega de classe diz que sua filha deveria se matar.

(Foto: Reprodução)

 

O bullying atingiu altos níveis de crueldade e a turma chegou a criar um grupo intitulado “XX do Capiroto” – o ‘X’ se refere ao nome da menina que está em sigilo -, que teve o objetivo de incitar ainda mais as mensagens cruéis.

Para ler a matéria completa no Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.