Vestidos de princesa ainda ocupam os armários da casa da família dos Anjos, em Santa Maria. Brinquedos, que ficavam espalhados pelo chão, agora estão encaixotados. Era naquela residência que a pequena Elisa dos Anjos Rodrigues, 3 anos, passava boa parte do tempo. A criança teve a vida interrompida em 26 de outubro de 2018, após ter sido internada no Hospital Maria Auxiliadora, no Gama.

(Foto: Reprodução)

 

A pequena sofreu complicações respiratórias durante a noite e não foi atendida por médicos do plantão, mesmo com o incessante apelo dos familiares. O fato resultou no indiciamento de uma pediatra por homicídio doloso.

Para ler a matéria completa no Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.