O Ministério da Educação (MEC) tornará sem efeito a portaria que determina o retorno das atividades presenciais em instituições federais de ensino superior.

 

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

 

A decisão ocorre em função do despreparo das universidades para a retomada das aulas físicas. O chefe da pasta disse, ainda, que será feita uma consulta pública para ouvir a comunidade acadêmica antes que outra decisão seja tomada. As informações são do jornal O Globo.

De acordo com a portaria, as aulas deveriam retornar a partir de 4 de janeiro. O texto defende que a volta das atividades letivas ocorreria em conformidade com o Protocolo de Biossegurança instituído pela Portaria 572 do MEC, de 1º de julho deste ano.

Para ler a matéria completa no Portal Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.

Matérias Relacionadas