Mais de mil pessoas morreram por coronavírus no Brasil. Segundo boletim do Ministério da Saúde divulgado nesta sexta (10), o país tem 1.057 mortes confirmadas por Covid-19 registradas.

Ministro Luiz Henrique Mandetta (Reprodução)

No mundo, a marca de 100 mil mortes por coronavírus foi batida nesta sexta também.

Segundo o ministério, há 19.638 casos confirmados de Covid-19. Até a quinta (9), eram 941 mortes e 17.857 casos confirmados. O ministério, porém, tem informado que o número real de casos tende a ser maior, já que só pacientes internados em hospitais fazem testes e há casos represados à espera de confirmação.

Reportagem da Folha de S.Paulo mostrou que equipes de atenção básica em várias cidades e estados afirmam que a subnotificação ao Ministério da Saúde de casos suspeitos tem sido gigantesca.

Até a quarta (8), o país registrou 34.905 hospitalizações por síndrome respiratória aguda, o que representa alta de 277% em relação ao mesmo período de 2019.

Os idosos seguem as maiores vítimas do coronavírus. A maioria dos que morreram tinha ao menor um fator de risco, como doenças associadas, em especial cardiopatias e diabetes. Entre as pessoas com menos de 60 anos, chama a atenção a ocorrência de asma e obesidade.