Quase 6.000 animais ilhados pelas chuvas que atingem o Rio Grande do Sul nos últimos dias foram resgatados com vida por equipes do poder público e voluntários até esta segunda-feira (6).

Segundo o governo do estado, 5.432 foram socorridos pela Brigada Militar, a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros em municípios gaúchos.

Além disso, mais 214 foram resgatados pela organização não governamental GRAD (Grupo de Resposta a Animais em Desastres) na região metropolitana de Porto Alegre. O balanço não inclui os números de resgates feitos por cada município.

Até a tarde desta segunda, outros 92 animais foram socorridos pela Polícia Militar de Santa Catarina, que ajudam em ações de resgate de pessoas e animais de estimação no estado gaúcho. Os policiam atuam com helicóptero e barco.

animais-resgatados-rs-chuvas
Foto: Guilherme Pereira/PMC

A primeira equipe da PM catarinense foi enviada ao estado devastado pela chuva na quarta (1º), com o Batalhão de Aviação. Em seguida, um time da Polícia Militar Ambiental foi encaminhado à região de Porto Alegre no final da tarde de sexta (3) com um automóvel e um barco.

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina também presta apoio ao Rio Grande do Sul. As equipes resgataram 200 animais com vida, que estavam ilhados em situação de risco, boa parte em cima dos telhados de casas e até em árvores. Os números se referem ao período de quarta a domingo (5).

A ONG GRAD disse que, apenas em um dia, realocaram cerca de 100 animais nos municípios de Esteio e São Sebastiao do Caí, na região metropolitana de Porto Alegre.

“É muito animal gente, na pontinha do telhado, é muito animal preso na janela, é muito animal que que está nadando incansavelmente”, disse em uma rede social Carla Sássi, coordenadora do GRAD.
Voluntários da organização Campo Bom Para Cachorro, sediada no município de Campo Bom, socorreu 80 cachorros de áreas alagadas.

A ONG disse que não têm mais espaço para receber novos animais e divulgou uma campanha pedindo ajuda de outras pessoas nas redes sociais para que possam acolher, temporariamente, os bichinhos perdidos devido aos alagamentos.

Procurada, a Defesa Civil do estado não informou um número de resgate de animais, mas indicou que os moradores procurem o seu município para receber orientações sobre resgate e destinação.

Do total de 497 municípios do Rio Grande do Sul, 385 foram afetados pelas fortes chuvas que atingiram a região ao longo da última semana. O desastre provocou cheias em rios, cortou o fornecimento de energia elétrica e os serviços de telefonia em vários pontos. Na noite desta segunda (6), o estado chegou à marca de 85 mortes em decorrência da tragédia.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Mais de 6 mil animais são resgatados em áreas inundadas no RS; veja vídeo

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.