Mãe e filha foram agredidas na noite de domingo em um bar, na Rua Olegário Maciel, na Barra da Tijuca. O grupo em que estavam os agressores chegou por volta de 20h ao local. Eram dois homens e três mulheres. O grupo chegou por volta das 20h ao local. A discussão teve início após a designer Pâmela Espinosa, a mãe, 39 anos, repreender um dos homens que estava enforcando um cachorro. O bate-boca acabou em agressão, com joelhadas, chutes e até mesmo mordidas. O caso foi registrado na 16ª Delegacia de Polícia (Barra).

— Tirei forças não sei de onde. Estavam em cima da minha filha, a mulher dando joelhadas. Foi horrível, ainda estamos abaladas. Os garçons foram anjos na nossa vida. Se não fosse a gerente, a mulher ia me matar — desabafa Pâmela.

Entenda: agressão à mãe e filha em bar foi flagrada por pessoas da mesa ao lado Foto: Reprodução/Extra

Para ler a matéria completa no Extra, clique aqui.