Uma unidade da Havan foi fechada hoje pela Polícia Militar em Porto Belo, no Litoral Norte de Santa Catarina, 67 quilômetros de distância de Florianópolis. No Estado, só podem operar serviços de alimentação, saúde e fornecimento de água e energia devido à pandemia do coronavírus. Entretanto, segundo a PM, a Havan estava autorizada a vender apenas ovos de Páscoa, mas foi constatado que os clientes tinham acesso liberado para todos os espaços, circulando normalmente.

(Foto: Reprodução)

 

A situação chegou à polícia por uma denúncia, que apontava a venda irregular de roupas no local, o que não é permitido por decreto estadual. O gerente responsável pela Havan na cidade, que não teve o nome divulgado pela PM, informou à polícia que estavam orientando os clientes na entrada da loja sobre os produtos permitidos para compra. Entretanto, na verificação in loco os policiais encontraram irregularidades. Em seguida, a loja foi interditada.

Para ler a matéria completa no UOL clique aqui.