Foto: Agência Brasil

A deputada eleita Janaina Paschoal (PSL-SP), apoiadora do presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ) e cotada para o cargo de vice na chapa com o militar durante campanha eleitoral, defendeu a quebra do sigilo na investigação de movimentações bancárias atípicas do e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e seu ex-assessor Fabrício Queiroz.

“Não temos acesso à íntegra das investigações, seja com relação ao deputado/senador Flávio, seja com relação aos demais deputados estaduais do Rio. Defendo que seja derrubado sigilo, para que possamos compreender a totalidade”, disse Janaina ao blog do Paulo Sampaio, do ‘Universa’.

Para ler a matéria completa no MSN, clique aqui.