Um padre gerou polêmica na internet por fazer postagens com ataques contra a menina de 10 anos estuprada pelo tio, no Espírito Santo. Pelo Facebook, Ramiro Perotto escreveu que a criança “gosta de dar” e não é “inocente”, por ter aturado os abusos durante quatro anos.

(Foto: Facebook)

 

Apesar de o religioso ter excluído a conta na rede social, prints com o post continuam circulando na web. Os comentários foram feitos em uma conversa sobre o caso da criança que interrompeu a gravidez fruto dos abusos. Para Perotto, ela deve “assumir as consequências” por ter “gostado” das agressões.

“Vá defender isso em outro lugar. Você acredita que a menina é inocente? Acredita em papai noel também? Seis anos, por 4 anos e não disse nada. Claro que tava gostando. Por favor kkkk, gosta de dar, então assuma as consequências”, escreveu ele. “Duvido uma menina ser abusada com 6 anos por quatro anos e não falar. Aposto minha cara. Ela compactuou com tudo e agora a menina é inocente kkkk. Gosta de dar, então assuma as consequências”, continuou.

Para ler a matéria completa no Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.