Em ano de pandemia, não é recomendado que as festas de Natal e Réveillon sejam os tradicionais encontros familiares de todos os dezembros. Por causa do novo coronavírus e de uma segunda onda no Brasil, a população vai precisar ter cuidado e evitar aglomerações que possam contaminar as pessoas, especialmente as do grupo de risco.

PEXELS/REPRODUÇÃO

 

 

Tatiana Veloso, diretora-médica do Laboratório Exame, explica que o teste pode ser interessante para aumentar a confiabilidade do encontro, mas ele não garante a segurança do evento. “Importante lembrar que o exame não é para proteger a família, o que protege são as regras de segurança do dia a dia“, reforça.

Mesmo com exame negativo, é importante apostar no uso de máscara, álcool em gel e distanciamento.

Para ler a matéria completa no Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.