Laudo do exame de DNA feito pela Polícia Civil do Espírito Santo (PCES) concluiu que a menina de 10 anos realmente foi estuprada e engravidada pelo tio, R. H. de J., de 33 anos. A informação foi revelada pela Rede Gazeta.

 

Foto: Reprodução

 

 

O caso tomou repercussão nacional. Sob autorização da Justiça, a garota resolveu interromper a gravidez após ser abusada por quatro anos em São Mateus (ES). O tio da menina foi preso, então pela suspeita de estupro de vulnerável.

Ao Metrópoles, a Polícia Civil informou que o resultado do exame foi concluído nessa terça-feira (25/8) e encaminhado ao Ministério Público do Espírito Santo (PCES). Por determinação judicial, o processo corre em sigilo.

Para ler a matéria completa no Portal Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.