(Foto: Divulgação Policia Civil)

A Escola Estadual Rural Vicente Brito de Sousa, em Feijó, distante 360 km de Rio Branco (AC), virou pó após um estudante de 14 anos, com ajuda de um rapaz de 19 anos, ter colocado fogo na instituição, segundo a polícia. O caso ocorreu na madrugada de sábado (21).

Tudo que estava no local foi destruído: material didático, merenda, computadores, entre outros. Quase cem alunos estão sem aulas. As informações são do G1.

De acordo com o portal, o estudante teria ateado fogo na escola depois de o professor o ter chamado atenção por ele ter chegado atrasado em sala de aula. Segundo o UOL, houve uma discussão.

Para ler a matéria completa no Portal MSN clique aqui.