A enfermeira Fernanda Pires de Sousa, de 26 anos, morreu nesta terça-feira (4) em decorrência do coronavírus em Caldas Novas, no sul do estado. De acordo com o prefeito Evandro Magal (PP), a jovem trabalhava no Hospital e Maternidade Nossa Senhora Aparecida, unidade da rede particular, onde também ficou internada para tratamento da Covid-19.

(Foto: Reprodução)

 

 

Fernanda ficou 12 dias internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Nas redes sociais, o prefeito de Caldas Novas lamentou a morte.

“Quando eu digo que essa doença é terrível, eu não estou brincando. Não podemos desacreditar deste mal.(…) O vírus não escolhe. Ele é terrível. Estou muito triste. Uma jovem, com toda vida pela frente, sonhos e planos interrompidos por este mal”, disse em um trecho da mensagem.

Para ler a matéria completa no Portal G1 clique aqui.