Uma mulher que trabalha como diarista e tinha o costume de furtar roupas de grife e ostentá-las nas redes sociais foi indiciada por furto qualificado pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). Nesta sexta-feira (6/11), policiais da 35ª Delegacia de Polícia (Sobradinho II) deflagraram a Operação Mãos Leves e conseguiram recuperar diversos bens que tinham sido furtados por Rosângela Ferreira Nascimento, de 39 anos.

 

Foto: Reprodução/PCDF

 

De acordo com as investigações, os furtos ocorreram em residências situadas na Asa Norte e em Taguatinga Norte, mas a ocorrência foi registrada em Sobradinho II, após uma das vítimas ter visto a fotografia da autora em suas redes sociais com uma camiseta original da grife italiana Gucci. A peça havia sido um presente do pai para a denunciante e custou cerca de R$ 2,5 mil.

Segundo o delegado-chefe da 35ª DP, João de Ataliba, a suspeita, que mora em Ceilândia, foi entrevistada na delegacia e confessou as práticas ilícitas. “Ela disse que estava arrependida e acompanhou os policiais até sua casa, tendo apresentado parte dos bens furtados. Lá foram encontrados outros objetos dos quais se suspeita de subtração”, afirmou o delegado.

Leia a matéria completa no Portal Metrópoles, parceiro da Banda B.