A Polícia Civil de São Paulo, por intermédio do delegado-geral, Ruy Ferraz Fontes, afirmou que a Polícia Militar do Paraná se confundiu ao anunciar a prisão de Paulo Cupertino, acusado de assassinar o ator Rafael Miguel e os pais dele. A informação é do G1.

Reprodução

De acordo com o portal, é esperado um anúncio da PM do Paraná, esclarecendo a prisão nas próximas horas, ao contrário do que foi informado anteriormente.

Leia a matéria completa no Portal Metrópoles, parceiro da Banda B, clicando aqui.