A CPI da Braskem aprovou nesta quarta-feira (28) a convocação do diretor-presidente da Braskem, Roberto Bischoff. O pedido foi feito pelo senador Rodrigo Cunha (Podemos-AL), aliado do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e do prefeito de Maceió, João Henrique Caldas (PL).

Por sugestão do senador Otto Alencar (PSD-BA), a comissão também aprovou a convocação do diretor global de pessoas, comunicação, marketing e relações com a imprensa da Braskem, Marcelo Arantes.

braskem (1)
Imagem: Itawi Albuquerque/Secom

A CPI também convocou o diretor-geral da ANM (Agência Nacional de Mineração), Mauro Henrique Moreira Sousa, e o ex-diretor do Serviço Geológico do Brasil, Thales Sampaio. O secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, Wolnei Wollf Barreiros, completa a lista.

Os dois primeiros devem ser ouvidos na quarta-feira (6). A pedido do relator da comissão, Rogério Carvalho (PT-SE), a CPI também convocou três professores. Eles devem prestar depoimento juntos na próxima terça (5).

Os três são: Abel Galindo Marques, professor aposentado da UFAL (Universidade Federal de Alagoas); Natallya de Almeida Levino, também da UFAL; e José Geraldo Marques, doutor e ativista em ecologia. Marques morava em um dos bairros afetados de Maceió.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

CPI convoca presidente e diretor da Braskem e diretor-geral da Agência Nacional de Mineração

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.