Ao menos 2.489 presos do Rio foram beneficiados por duas decisões da Justiça estadual liberando das cadeias aqueles que cumprem pena em regime aberto e parte dos que estão em semiaberto. As autorizações foram concedidas ao longo desta semana, após rebeliões e fugas em massa no sistema prisional de São Paulo

(Foto: EBC)

 

No último dia 13, antes da crise nas cadeias paulistas, a Vara de Execuções Penais (VEP) do Rio havia decidido em sentido inverso, proibindo as saídas dos presos. As decisões recentes da VEP, no entanto, não citaram os problemas em São Paulo, mas apenas a necessidade de evitar a contaminação pelo novo coronavírus.

Na quarta-feira, após ofício do secretário de Administração Penitenciária do Rio, o juiz titular da VEP, Rafael Estrela, autorizou a saída de todos os presos em regime semiaberto que possuem trabalho fora da cadeia. Esses presos costumam deixar a unidade prisional de manhã para trabalhar e retornam no fim do dia. O magistrado autorizou que eles continuem trabalhando, mas, no fim do expediente, devem ir para suas residências, onde deverão ficar.

Para ler a matéria completa no Portal Extra clique aqui.