Um caminhoneiro de 43 anos e a esposa, de 35, foram mantidos em cativeiro por quatro dias em São Vicente (SP). O homem contou que o casal mora na Bahia e estava na cidade para buscar uma carga que seria entregue em Recife.

(Foto: Polícia Militar)

 

“Um indivíduo chegou ao local marcado e falou que teríamos que ir com ele fazer um teste de Covid-19. Quando chegamos à suposta clínica, era o cativeiro e ele anunciou o sequestro”, explicou. As informações são do G1.

O caminhoneiro conta que ele e a esposa foram mantidos em cativeiro de quinta-feira (10/12) a domingo (13/12), quando foram liberados em Cubatão (SP). Ele contou que marcou de encontrar com um cliente por aplicativo e a retirada da carga seria retirada em São Vicente. Ao chegar ao local, um dos bandidos informou que o transporte não poderia ser feito sem que houvesse uma testagem de Covid-19 antes.

Para ler a matéria completa no Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.